. .
Extremoz
Sitemap Página inicial » Secretarias » SMTHAS
  • ação social
  • ação social
  • ação social

Secretaria Municipal de Trabalho, Habitação e Assistência Social

ASSISTÊNCIA SOCIAL
As ações desenvolvidas através do Serviço Social da Secretaria Municipal de Trabalho, Habitação e Assistência Social – SMTHAS são oferecidos em forma de PLANTÃO SOCIAL, por uma equipe composta de duas profissionais da área, ambas formadas em Serviço Social. Esse atendimento ocorre às terças quintas e sextas-feiras das 08h às 14h, ficando as segundas e quartas-feiras reservadas para visitas domiciliares e outros atendimentos externos.
Diariamente, a Secretaria atende aproximadamente 15 usuários para esse serviço, direcionados a retirada de documentos, encaminhamento a benefícios sociais, programas sociais, assessoria jurídica e orientações sobre os direitos do cidadão, uma vez que as ações desenvolvidas pela SMTHAS e buscam garantir os direitos e o bem estar da população.
ASSESSORIA JURÍDICA
A SMTHAS oferece também o serviço de Assessoria Jurídica à população de segunda-feira a quinta-feira no período da tarde, a partir das 13h. Para esse serviço são oferecidas 15 fichas diárias.
Além dos advogados para atendimento à população, a secretaria oferece um assessor jurídico diariamente, das 8h às 14h, para auxílio interno e esclarecimentos à população.
BANDA MUSICAL DE EXTEMOZ
Oficializada pela lei n˚ 468/2005, a Banda de Música Municipal passa a ser composta por 45 componentes, tendo como objetivo primordial transmitir cultura, absorver conhecimentos, trocar experiências e divulgar a nossa cultura através da música para a comunidade de Extremoz, nosso Estado e outros estados da Federação. Os monitores e componentes recebem uma bolsa-auxílio como forma de estímulo.
Atualmente, a sede própria da Banda é no Centro Social Urbano Estrela do Mar, patrimônio de responsabilidade da prefeitura de Extremoz, onde são desenvolvidas as atividades de aulas e ensaias, no qual está sob regência do maestro Josialdo Correia da Silva.
Nos oito primeiros meses de gestão foram desenvolvidas as seguintes atividades:

  • Formação de 22 (vinte e dois) novos instrumentistas, com aulas de musicalização e prática instrumental. As aulas são realizadas três vezes por semana, sob a orientação dos maestros e monitores (alunos antigos);
  • Participação nas festas de Padroeiros de Vila de Fátima, Boca da Ilha, Estivas e Pedrinhas;
  • Abertura da copa de natação do SESC – Natal;
  • Abertura da l Festa de Santo Antônio de Extremoz;
  • Abertura da Rua do Lazer no conjunto Estrela do Mar;
  • Abertura da Aula Inaugural do Pro jovem com a governadora do Estado do RN, Wilma de Faria;
  • Abertura da 1a Conferência de Assistência Social, realizada no Centro Marista de Eventos.

BOLSA FAMÍLIA - PBF
O programa Bolsa Família - PBF também funciona na SMTHAS de segunda a sexta-feira das 8h às 14h. Diariamente, a secretaria atende mais de 70 usuários, desempenhando os serviços de desbloqueio do benefício, transferência, cadastramento, recadastramento entre outras. No momento, os profissionais responsáveis pelo programa no município estão dando ênfase ao recadastramento, visto que compreende o período estipulado pelo Governo Federal. A secretaria estará realizando o recadastramento até o dia 31 de agosto de 2009.
NOTA: A SMTHAS ressalta que o  PBF funcionava co irregularidades de acordo com os critérios exigidos pelo Governo Federal. Atualmente, com o recadastramento muitos beneficiários tiveram o benefício cancelado, em prol de não atenderem os critérios, ocupando a vaga de outras pessoas
Mais informações: http://mds.gov.br
CENTRO DE REFERÊNCIA DA ASSISTÊNCIA SOCIAL – CRAS
O que é o CRAS?
O Centro de Referência da Assistência Social – CRAS é conhecido como “Casa das Famílias”. O CRAS  é um local onde o cidadão pode contar com serviços de apoio psicossocial e proteção social básica, buscando trabalhar de forma preventiva e com inclusão social.
Qual o seu objetivo?
Tem como objetivo prevenir situações de risco social, fortalecendo os vínculos familiares e promover o resgate à cidadania e a inclusão das famílias e dos cidadãos no mercado de trabalho e na vida em comunidade.
Quem pode ser beneficiado?
As famílias do município de Extremoz atualmente inscritas no cadastro único dos Programas Sociais, que se encontram em situação de extrema pobreza, priorizando uma atenção especial à mulher, ao portador de necessidades especiais, ao idoso, ao negro, a criança e ao adolescente.
Como funciona?
Os membros das famílias, independente do vínculo, são acolhidos e cadastrados por uma equipe capacitada, recebem orientações diversas e são encaminhadas para uma rede de serviços, benefícios e ações desenvolvidas no município, destinados às famílias.

Principais ações desenvolvidas pela equipe do CRAS:

  • Recepção e acolhimento das famílias;
  • Proteção social básica;
  • Acompanhamento familiar;
  • Visitas domiciliares;
  • Atendimento à demanda espontânea e encaminhamento para a rede sócio-assistencial e das demais políticas afins;
  • Intermediação de benefícios eventuais;
  • Atendimento psicossocial: acompanhamento e orientação do psicólogo e da assistente social às famílias;
  • Orientação e apoio sócio-educativo às famílias e comunidade;
  • Promoção para inserção no trabalho e geração de renda;
  • Avaliação, cadastro e monitoramento  dos Programas Sociais Bolsa Família, Projovem adolescente, Benefício de prestação continuada – BPC, Progra de Erradicação do Trabalho infantil – PETI;
  • Acompanhamento das condicionalidades dos programas sociais;
  • Capacitação profissional da equipe técnica;
  • Prevenção com campanhas, palestras sócio-educativas, reunião junto às escolas públicas, organizações sociais, comunitárias, religiosas e outras;
  • Organização dos grupos sócio-educativos;
  • Organização de eventos comemorativos e cursos profissionalizantes.

Grupos

  • Grupo de Idosos “De bem com a vida”: quinta-feira, quinzenalmente, às 14h;
  • Grupo de gestantes “Amor de mãe”: sexta-feira. Quinzenalmente, às 14h;
  • Grupo de mulheres “Mulheres em ação”: segunda-feira, quinzenalmente, às 14h.

Equipe profissional
Coordenadora: Dayse Gomes da Costa (pedagoga);
Psicóloga: Andreza Macedo
Assistentes sociais: Mayara Miranda e Silvana Jácome
Horário de funcionamento:
Segunda a sexta-feira das 8h às 17h
Endereço
Rua Euclides Dantas, 100. Loteamento São José. Telefone: 8844-5525. Extremoz –RN
HABITAÇÃO
O setor habitacional da SMTHAS está com Programas de Subsídio à Habitação de Interesse Social – PSH implementado com a revisão cadastral. O preenchimento de novos cadastros para que se faz necessário para que sejam construídas novas unidades habitacionais no município de Extremoz.
Através do PSH haverá a construção de 60 unidades habitacionais e através da Carta de Crédito com o Fundo de Garantia do Trabalhador Segurado (CCFGTS) serão construídas mais 100 casas, o que beneficiará 160 famílias do município. O objetivo maior da atual gestão é a erradicação de casas de taipa e palha em Extremoz até o ano de 2010. Após levantamento realizado in loco, a SMTHAS detectou mais de 70 casas de taipas e palhas existentes ainda no município. Por isso, essas primeiras casas iniciais contemplarão de imediato essas famílias. O maior índice de casas de taipas e palhas foi detectado nos distritos de Muricí e Barra do Rio.
O município também foi contemplado com o Programa do Governo Federal, “Minha Casa, Minha Vida”, tendo sido a primeira etapa, cadastramentos, já realizada pela secretaria. A SMTHAS aguarda apenas a segunda etapa do programa, que consiste na seleção e  construção, que será  realizada pela Caixa Econômica Federal.
Um outro programa que está sendo resgatado da atual gestão, em fase de implantação, é o do “Cheque Reforma” para aqueles munícipes que atenderem os critérios exigidos pelo programa.
PROGRAMA DE ERRADICAÇÃO DO TRABALHO INFANTIL - PETI
O Programa de Erradicação do Trabalho Infantil – PETI é um programa do Governo Federal que tem como objetivo contribuir para a erradicação de todas as formas de trabalho infantil. O PETI atende a famílias de crianças e adolescentes com idade inferior a 15 anos que se encontrem em situação de risco. O programa está inserido em um processo de resgate a cidadania e promoção de direitos de seus usuários, bem como de sua inclusão social e de sua família.
No município de Extremoz, o programa atende atualmente a 320 crianças e adolescentes divididos em 05 (cinco) núcleos, Centro de Extremoz, Malvinas, Pitangui, Genipabu e Santa Rita, funcionando pela manhã de segunda a sexta-feira de 07h às 11h. Durante esse horário as crianças tem contato com os monitores que desenvolvem atividades de reforço escolar com base na leitura e na escrita. Eles também têm os profissionais Arte Educadores que desenvolvem atividades culturais, artísticas e lazer. Semanalmente também é feito atendimento psicossocial.
O programam ainda oferece quatro refeições diárias, seguindo um cardápio rigorosamente nutricional, de acordo com as necessidades das crianças e adolescentes. Maiores esclarecimentos, procurar a SMTHS de segunda a sexta-feira das 8h às 14h.
É importante ressaltar que das 138 crianças  que foram inscritas na gestão anterior, a atual administração dobrou a quantidade de matriculados em sete meses, tendo atualmente 320 crianças e adolescentes.
PROJOVEM
O Projovem é uma modalidade do programa nacional de inclusão de jovens voltado exclusivamente para adolescentes de faixa etária de 15 a 17 anos. É um serviço sócio educativo que integra as ações de proteção social básica. O programa tem como objetivo complementar a proteção básica a família criando mecanismos para garantir a convivência familiar e comunitária e criar condições para a reinserção e permanência do jovem no sistema educacional.
O programa é desenvolvido em nosso município atendendo aproximadamente 250 adolescentes, através de encontros semanais realizados em 10 coletivos (grupos). Estes encontros são espaços de pesquisa, estudo, reflexão, debates, experimentação e visitação, conduzidos pelo Orientador Social.
Também são disponibilizadas durante esses encontros, oficinas que são espaços de vivência cultural, lúdicas e de lazer, conduzidas pelos facilitadores. As oficinas estimulam a criatividade do jovem e contribuem para a integração de atividades dos temas desenvolvidos nos encontros. Maiores informações sobre programa estão disponíveis de segunda a sexta-feira, de 8h às 14h.
Segundo a SMTHAS a informação do Ministério da Saúde, foi que, na gestão anterior, apenas 03 (três) coletivos funcionavam com a freqüência de 60 jovens, sendo que era repassado a verba para o funcionamento pleno, visto que, existiam matriculados 10 (dez) coletivos.
A atual gestão, visando moralizar o programa, implantou o sistema descentralizado das unidades de funcionamento dos coletivos sendo elas, 03 no Centro de Extremoz, 01 em Pitangui, 01 em Cotenda, 01 em Genipabu, 01 em Capim, 01 em Grutas, 01 em Estivas, 01  em Araçá. Totalizando 10 coletivos com 300 jovens regularmente matriculados.
TELECENTRO (NOVIDADE)
Os telecentros têm como objetivo central combater a exclusão digital. Trata- se de uma iniciativa fundamental para capacitar a população brasileira e inseri-la na sociedade da informação, para assegurar a preservação de nossa cultura com a construção de sites de língua portuguesa e temáticas vinculadas ao nosso cotidiano, qualificar profissionalmente nossos trabalhadores, incentivar a criação de postos de trabalho de maior qualidade, afirmar os direitos das mulheres e crianças para um desenvolvimento tecnológico sustentável e ambientalmente correto, aprimorar a relação entre o cidadão e o poder público, enfim, para construção da cidadania digital e ativa.
Recém instalado na Secretaria Municipal de Trabalho, Habitação e Assistência Social-SMTHAS, o telecentro de Extremoz-RN está equipado com 11 microcomputadores, sendo 01 servidor e 10 estações de trabalho, todos funcionando com software livre, com acesso a internet em banda larga. O telecentro é constituído de uma equipe composta por 1 coordenador r 2 professores da área de informática.
Dessa forma, a população contará com acesso gratuito a internet, minimizando dessa forma o índice de pessoas que não têm contato com microcomputadores e internet.
Já está em andamento o curso Jovem Empreendedor, oferecido em parceria com a SEMTHAS e SINE-RN, destinado a jovens que estão cursando o 2˚ e 3˚ ano do ensino médio, e futuramente, será ampliado aos jovens que já concluíram. Outro curso, que brevemente estará disponível é o Programa Geramais, também em parceria com o SINE-RN, e que trará ao município a oportunidade de estar capacitando jovens que estão concluindo o ensino médio, priorizando a busca no mercado de trabalho para inseri-los. 
Além desses cursos, o telecentro de Extremoz ofertará cursos rápidos de informática para a população em geral.
Interessados procurar a secretaria de Ação Social de segunda-feira a sexta-feira das 8h às 17h.
Coordenador do Telecentro/SMTHAS: Diogo Robson Jales Fernandes.
 
Contatos


Secretária Municipal de Trabalho, Habitação e Assistência Social

Renata Costa de Brito Rêgo

E-mail

secacaosocial@extremoz.rn.gov.br

Telefone

(84)3279-4907

Horário de funcionamento

Segunda a sexta-feira das 8h às 13h*
*alguns serviços como atendimento jurídico, telecentro entre outros tem horários diferenciados. Procurar a secretaria para maiores informações

Atualizado em 18 de setembro de 2009.

Voltar